Carros elétricos e a combustão terão o mesmo preço em 6 anos

O estudo feito pela BloombergNEF aponta que a Europa atingirá 50% da frota de elétricos em 2030

Um estudo feito pelo instituto de pesquisa BloombergNEF, a pedido do site Transport & Environment, mostra que os carros elétricos terão um custo de produção equivalente ao dos carros tradicionais no ano de 2027 na Europa.

Segundo o portal Automotive Business, o estudo também mostra que os veículos irão passar a custar menos gradativamente, considerando que o volume na produção aumentará junto com a diminuição no custo de baterias em decorrência da crescente demanda, assim como a sua melhoria de eficiência.

A pesquisa aponta que, em um cenário motivado economicamente, a Europa pode ser o continente a alcançar 50% da frota de veículos elétricos nas ruas em 2030 e 85% em 2035. Um fator predominantemente crucial para que essa porcentagem seja alcançada são políticas mais rígidas em relação a emissão de gases na atmosfera.

Veículos elétricos têm ganhado cada vez mais força na indústria automotiva, principalmente em decorrência das políticas de emissões, e conquistando seu espaço nas ruas. A pesquisa revelou que a frota global de VEs já alcançou os 10 milhões em 2020, enquanto em 2017 eram apenas 3 milhões, além da frota de caminhões e ônibus elétricos que já chegaram a 350 mil e 500 mil, respectivamente.

Como está este cenário no Brasil?

Apesar da dificuldade em conquistar os consumidores brasileiros, principalmente pela escassa oferta de veículos elétricos “populares”, o Brasil chegou à marca de 40 mil VEs registrados em 2020, segundo foi divulgado pelo 1º Anuário Brasileiro da Mobilidade Elétrica, feito pela Plataforma Nacional da Mobilidade Elétrica (PNME). Destes estes veículos, 350 são ônibus entre trólebus e chassis eletrificados. No momento, o modelo mais barato é o JAC iEV20 por R$ 159.900.

O crescimento mais notável na comercialização de VEs ocorreu em 2019, com um salto de 230%, quando o país registrou 11,2 mil unidades. Em novembro de 2020, em meio à pandemia, foi divulgado pelo Jornal do Carro que os elétricos bateram um recorde de vendas no Brasil. Foram registrados 15.556 modelos licenciados no mês de outubro, superando todo o volume de 2019.

 

 

Fonte: motor1.uol.com.br