Audi irá lançar os últimos carros a gasolina e a diesel em 2026

Marca alemã acelera o cronograma e pretende vender somente carros elétricos a partir de 2030

Audi não pretende mais lançar carros com motores a combustão a partir de 2026. E isso serve para motores a gasolina e a diesel e também para os conjuntos híbridos (inclusive híbridos plug-in). De acordo com a apuração do Süddeutsche Zeitung, os modelos térmicos remanescentes permaneceriam no mercado até 2030, quando a marca se tornaria 100% elétrica.

O jornal alemão deu a notícia com base em algumas declarações que o CEO da Audi, Markus Duesmann, teria dado durante uma reunião com alguns representantes dos trabalhadores e da alta administração da empresa.

Galeria: Audi A6 e-tron Concept

Nesse planejamento, os modelos Audi A3 e A4 não devem mais ter sucessores diretos, mas podem ser completamente redesenhados e receber outros nomes. Segundo o que foi apurado pela Automobilwoche, eles serão substituídos por um A3 e-tron e um A4 e-tron, naturalmente, totalmente elétricos.

Por fim, a publicação afirma que o último modelo com motor a combustão da marca a chegar ao mercado em 2026 seria um modelo da linha Q. Supostamente um novo Q8, que também receberia uma versão totalmente elétrica – a versão a gasolina duraria até por volta de 2030.

A Audi já havia declarado que não iria mais desenvolver novos motores de combustão interna e suas intenções sobre encerrar as vendas desse tipo de propulsão. No entanto, a data para se tornar 100% elétrica era 2035, prazo que agora está sendo reduzido para 2030.

 

 

Fonte: https://insideevs.uol.com.br/